ÁLBUM “LEGACY OF THE DARK LANDS” DO BLIND GUARDIAN TWILIGHT ORCHESTRA JÁ DISPONÍVEL NO BRASIL. VERSÃO DUPLA DIGIPACK.

ImprimirE-mail

Escrito por Karina Ter, 03 de Dezembro de 2019 14:23

A banda BLIND GUARDIAN é conhecida por ficar remoendo, mexendo e elaborando seus trabalhos conceituais por anos e se superando a cada álbum em termos de grandiosidade épica, explosão e profundidade. Portanto, se esta instituição do “fantasy metal” anuncia deliberadamente um projeto gigantesco sem precedentes, você deve, ou melhor, você precisa se preparar e esperar uma enorme tempestade.

Uma tempestade fermentada por mais de 20 anos até que se transformou em um gigante furacão. Um verdadeiro divisor de águas na sua discografia. O BLIND GUARDIAN TWILIGHT ORCHESTRA finalmente ganhou vida. E no mundo do metal sinfônico, nada mais será do jeito que era.

“Legacy Of The Dark Lands” não é um álbum de Metal no sentido clássico. Este é o trabalho mais monumental de uma das bandas de metal mais bem-sucedidas, lendárias e inspiradoras de todos os tempos. Difícil acreditar, mas é a pura verdade: um dos projetos mais ambiciosos, e possivelmente o mais megalomaníaco, da história do metal se tornou realidade. E nos deixa boquiabertos, sem palavras, sem reação.

Gravado com a poderosa Orquestra Filarmônica da Cidade de Praga, composta por 90 músicos, no histórico prédio Rudolfinum, o BLIND GUARDIAN TWILIGHT ORCHESTRA desencadeou uma tempestade sonora que não deve nada para as melhores trilhas sonoras. E tem muito mais: concebido por Markus Heitz, autor alemão altamente reconhecido por seus romances de fantasia, este álbum oferece uma continuação de seu best seller “Die dunklen Lande”, que leva à época da Guerra dos Trinta Anos e diretamente a um mistério apocalíptico. Monumental, sombrio, comovente, cheio de hinos e grandes refrães: isto é puro BLIND GUARDIAN. Apenas sem guitarras.

“Legacy Of The Dark Lands” é o projeto dos projetos, uma conquista única que trará outra brilhante joia à coroa do BLIND GUARDIAN.

Um lançamento da parceria Shinigami Records/Nuclear Blast em versão DUPLA DIGIPACK.

Adquira sua cópia em https://bit.ly/2DHmmAQ

Shinigami Records nas redes sociais:

Facebook - @ShinigamiRecords
Instagram - @shinigami.records.br
Twitter - @shinigamirec

 
 

NILE: NOVO ÁLBUM “VILE NILOTIC RITES” JÁ DISPONÍVEL. VERSÃO DIGIPACK

ImprimirE-mail

Escrito por Karina Ter, 03 de Dezembro de 2019 14:22

Existe o Death Metal e existe o NILE. E para o seu novo álbum “Vile Nilotic Rites”, a banda aplicou o seguinte mantra: se não é adequado para a música, simplesmente é cortado. Nada supérfluo ou idiossincrático sobreviveu ao processo de composição.

E o resultado de todo este processo são 11 faixas afiadas como lâminas de obsidiana e pesadas como nove pirâmides egípcias. Músicas como ‘Oxford Handbook Of Savage Genocidal Warfare’, ‘That Which Is Forbidden’, ‘Revel In Their Suffering’ e a faixa-título exibem a perfeição ansiada pela banda, mas sem perder essa ardente paixão que faz com que o death metal praticado pelo NILE seja incontestavelmente devastadora.

Em termos líricos, “Vile Nilotic Rites” foi inspirado pelo interesse escolástico do guitarrista, vocalista e mente criativa do NILE, Karl Sanders, pela cultura, história e mitologia egípcia, mesopotâmica e levantina. Mas nem tudo é acadêmico. O título do álbum foi “roubado” por Sanders da série da HBO “Rome”, especificamente do episódio ‘Deus Impeditio Esuritori Nullus (No God Can Stop A Hungry Man)’, e a música ‘Thus Sayeth The Parasites Of The Mind’ fala sobre formigas zumbis.

Foram quatro anos de trabalho esforçado, de sangue, suor e lágrimas derramados em nome do death metal e para todos os seus fãs leais porque para a banda nada é mais importante do que seus fãs. E o fato do lançamento deste novo álbum coincidir com o 25º aniversário da banda também é importante para Sanders e sua equipe.

“Vile Nilotic Rites” é o ponto inicial de uma nova e poderosa fase, de todas as novas conquistas que estão por vir. Junte-se a eles nesta grande celebração!

Outro lançamento da parceria Shinigami Records/Nuclear Blast.

Adquira sua cópia, em versão DIGIPACK, no seguinte link: https://bit.ly/2sEFnBr

Shinigami Records nas redes sociais:

Facebook - @ShinigamiRecords
Instagram - @shinigami.records.br
Twitter - @shinigamirec

 
 

SAVATAGE: DISPONÍVEL RELANÇAMENTO DE “GUTTER BALLET” EM VERSÃO ACRÍLICA E DIGIPACK

ImprimirE-mail

Escrito por Karina Sex, 29 de Novembro de 2019 13:30

Em 2010, três anos após Jon Oliva anunciar a separação definitiva do SAVATAGE, a banda decidiu relançar o seu catálogo completo com faixas bônus e com comentários no encarte do próprio Jon. “Estou muito animado por entregar aos fãs uma representação apropriada de todos esses álbuns. Para eles serem ouvidos e vistos como deveriam ser, isso me deixa muito feliz”, comentou Jon na época.

“Gutter Ballet”, lançado originalmente em 1989, é o quinto álbum da carreira do SAVATAGE e o segundo produzido por Paul O’Neil. O álbum é considerado o disco da virada para a banda, aquele divisor de águas, pois depois que Jon Oliva assistiu ao musical “O Fantasma da Ópera” de Andrew Lloyd Weber, decidiu mudar o som da banda de um heavy metal para um som mais progressivo, mais orquestrado e teatral. E essa mudança pode ser ouvida em músicas como ‘When the Crowds Are Gone’ e a própria faixa-título.

Este relançamento, disponível no Brasil pela parceria Shinigami Records/eAR MUSIC em versões acrílico e digipack, traz como faixas bônus as versões acústicas de ‘Alone You Breathe’ e ‘Handful Of Rain’.

Adquira sua cópia nos seguintes links: Acrílico (https://bit.ly/2L7t0En) / Digipack (https://bit.ly/2OweqbB)

Shinigami Records nas redes sociais:

Facebook - @ShinigamiRecords
Instagram - @shinigami.records.br
Twitter - @shinigamirec

 
 

ALCEST: NOVO ÁLBUM “SPIRITUAL INSTINCT” JÁ DISPONÍVEL NO BRASIL

ImprimirE-mail

Escrito por Karina Sex, 29 de Novembro de 2019 13:29

Para o principal compositor e vocalista Neige, que cuida também das guitarras, do baixo e alguns sintetizadores, o ALCEST sempre foi uma válvula de escape, um meio de explorar sua espiritualidade e em seu novo álbum, “Spiritual Instinct”, consegue mostrar um lado muito mais pessoal do que nos álbuns anteriores. “Desta vez, eu tinha algo muito urgente para colocar sobre a mesa”, explica. “É um álbum muito catártico, algo que precisava muito sair de dentro de mim. Está mais sombrio que o normal e mais pesado”.

“Spiritual Instinct” mostra um Neige enfrentando os aspectos mais sombrios de sua personalidade, lutando para se reconectar com sua essência espiritual, vencendo as adversidades e crescendo com tudo isso. E estas questões são fundamentais para entender o título do álbum. “Na maior parte da minha existência, eu vivi uma vida espiritual”, explica Neige. “Eu digo espiritualidade em oposição a religião. Para mim, são duas coisas muito diferentes. Não precisamos de igrejas, não precisamos de bíblias. Vá para a natureza, esse é o templo mais bonito que você pode encontrar. A vida pode ser dura, mas é importante manter-se conectado com sua essência. O mais provável é que você encontre as respostas dentro de você. Em »Spiritual Instinct« há muitas questões sobre o significado da vida e a possível existência de outra coisa, algo divino. A luta para ser uma melhor pessoa para si mesmo e para as pessoas ao seu redor, para evoluir como alma.  Você tem que enfrentar seus demônios se quiser ser uma pessoa melhor”.

Você não pode perder a chance de conhecer uma das bandas mais estranhas e com tantos fãs fiéis em todo o mundo, inclusive no Brasil.

Adquira sua cópia em https://bit.ly/35LYNTa

Um lançamento da parceria Shinigami Records/Nuclear Blast

Shinigami Records nas redes sociais:

Facebook - @ShinigamiRecords
Instagram - @shinigami.records.br
Twitter - @shinigamirec

 
 

Página 2 de 341

Shinigami Music Player

Please update your Flash Player to view content.

Newsletter

Cadastre seu email para receber as novidades do site!

Usuários Online

Nós temos 70 visitantes online